top of page

Desenvolvendo a imaginação com o clube do Livro!



O Clube do Livro foi criado este ano pelo professor Nicolas Passeri, em parceria com as professoras Priscila Yamaguchi e Morgana Siqueira, a partir do curso de formação que participou chamado "Aprendendo em comunidade" e da sugestão de alguns alunos.


O objetivo inicial deste projeto foi estimular a leitura e promover um espaço de interação para os alunos. A partir disso, outros benefícios foram observados pelos professores, como a criação da empatia pelos personagens, o desenvolvimento do senso crítico e reflexão pessoal, bem como o estímulo da imaginação. Como meta para o próximo ano, o grupo deseja realizar encontros presenciais e utilizar a biblioteca da escola com mais frequência.


Do ponto de vista pedagógico, ao pensar nos 4 pilares da educação (Fazer, Conviver, Ser e Conhecer), foi possível observar o desenvolvimento de 3 pilares, o aprender a fazer, para as alunas que se engajaram na criação do clube e o aprender a ser e conviver, que foi trabalhado com todos os alunos do núcleo através das leituras e das reuniões para a discussão sobre o livro escolhido.


O clube desenvolveu um método interessante para escolher os livros, a chamada “batalha de livros”, em que os alunos sugeriram títulos, cada um defendeu o que havia escolhido em um debate e ao final realizaram uma votação. Os títulos escolhidos foram: “A biblioteca mágica de Bibbi Bokken”, de Jostein Gaarder e Klaus Hagerup (5° e 6° ano), “O assassinato no expresso do oriente”, de Agatha Christie (8° ano) e “Mentirosos”, de E. Lockhart (9°, 1° e 2° ano). Ao final do ano, como forma de concluir as atividades, o grupo organizou um amigo secreto somente com livros.


"Vivemos um tempo cada vez mais acelerado, em que a gente tem cada vez menos tempo de parar e refletir profundamente sobre algo. A leitura nesse ponto é importante, porque ela nos desacelera e nos faz entrar em contato com realidades diferentes que não imaginávamos antes, que nos possibilita imaginar futuros diferentes. A leitura é algo para aquilo que a gente ainda não é, aquilo que a gente pode ser." - Profº. Nicolas Passeri.



Por Bianca Sánchez / Estudante do 2° ano do EM

Revisado por Priscila Yamaguchi / Equipe de Jornalismo Marupiara.Net


90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page